Usar gasolina aditivada ou comum nas Harleys?

Marisa Miller Harley Davidson
“Completa, por favor?”

Uma das mais dúvidas mais frequentes dos novos proprietários de Harley-Davidson é sobre a gasolina. Afinal, é de praxe o novo proprietário ouvir na entrega da moto: “Só use gasolina comum nela, não use aditivada”. Como o manual diz o mesmo, então não há dúvida alguma, certo?

Errado!

Infelizmente, isso é mais uma daqueles exemplos de como a Harley Davidson está se tornando uma empresa feita por pessoas que não entendem de moto. Nas palavras do Wolfmann, do excelente blog Wolfmann HD:

nos EUA a gasolina chamada Regular tem um índice de octanagem mínimo de 85 octanas (idêntico ao do Brasil), mas é ADITIVADA (ao contrário do Brasil que não recebe qualquer aditivo) e ambas são sem chumbo. (…)

Desta forma, quando o manual da HD recomenda gasolina REGULAR não está recomendando a nossa gasolina comum, mas sim a gasolina aditivada. É um erro de tradução que está matando a leitura do manual e a turma das autorizadas repete o manual traduzido.

Um post dele sobre o assunto você pode ler aqui.

Outra coisa importante ressaltar, é a famosa discussão sobre usar Pódium ou não. Sempre ouvimos o velho discurso de que a Pódium é só para motores de alta taxa de compressão. Mas não é tão simples assim… Em primeiro lugar, vale ressaltar que as vantagens da Pódium vão muito além da octanagem, já que é uma gasolina de qualidade superior, mais limpa e com aditivos só encontrados nela. É a melhor gasolina que podemos comprar em terras tupiniquins.

Isso acontece pois toda gasolina vendida no país é destilada primeiro pela BR, e depois distribuída para todas as outras bandeiras. Só então elas podem incluir seus aditivos, ou fazerem novos processos, mas a base é sempre a mesma para todos. Menos para a Pódium, que é refinada de forma diferente pela BR e vendida apenas para postos da BR, fazendo com que eles levem uma grande vantagem sobre as demais.

E em segundo lugar, a alta taxa de compressão depende muito da tecnologia do motor. Para um Volkswagen dos anos 90, uma taxa de compressão de 9,2:1 já era considerada alta, mas para os mais novos uma taxa de 10,5:1 é considerada normal. Isso acontece porque os motores mais modernos possuem sensores de detonação, controle do avanço, e uma série de recursos que permitem o uso de taxas cada vez mais altas.

Entre as Harleys, existem duas motos que se favorecem muito com uma gasolina de taxa de compressão maior: a XR1200 e a XR1200X. Apesar de terem “apenas” 10:1 de taxa de compressão, elas pedem uma gasolina com mais de 94 octanas para conseguirem desenvolver todo o seu potencial. Com gasolina comum, a XR tende a ficar mais “xoxa” e batendo pino levemente em certos giros, além de sofrer um expressivo aumento da temperatura do motor. Com o uso da Pódium, o motor da moto ganha um desempenho visível, assim como uma queda da temperatura de funcionamento. Com ajuste de injeção, ela tende a aceitar melhor a comum, mas sempre vai funcionar melhor com a Pódium, como relatado por diversos de proprietários.

Para todas as outras Harleys, o benefício da Pódium é apenas a qualidade. Por isso, para quem quer usar a comum, a recomendação do Wolfmann, que entende bastante de gasolina por ser do ramo, é essa aqui:

Melhor indicação: gasolina comum Ipiranga (segue a fórmula americana da Texaco desde a fusão das duas empresas). É aditivada, tem octanagem recomendada(…)

Parece estranho indicar a comum após dizer que as gasolinas americanas possuem aditivo, mas aparentemente a Ipiranga usa aditivos até na sua gasolina comum, deixando ela mais parecida com a fórmula americana.

36 ideias sobre “Usar gasolina aditivada ou comum nas Harleys?”

  1. Essa de usar gasolina comum Ipiranga é real! Eu senti na pele isso, ou melhor no motor de minha 883. Certa vez com o tanque quase zerando passei em um posto Ipiranga e abasteci com Gas Comum e ao sair do posto após uns 100 metros o motor parecia ter sofrido um “Up” se tornou mais linear, menos ruidoso e com resposta mais ágil!

      1. Porque este post é antigo e a recomendação mudou com os novos índices de álcool na gasolina, na época desse post eram bem menores. Tem um mais recente que explica isso.

  2. Cara, parabéns pelo blog. É sensacional, virou minha leitura preferida na rede.
    Gostei muito do texto, mas fiquei com uma dúvida. O início me deixou com a impressão que a Pódium é boa para todas as HDs. Mas depois o texto diz que as XRs se favorecem muito com a Pódium e no final diz que o ganho da Pódium em outros modelos é só na qualidade.
    Então, o ganho em relação a temperatura de motor, desempenho, não bater pino, etc só acontece nas XRs? Se sim, não seria mais vantajoso para os outros modelos usar a comum da Ipiranga? O preço é menor e o benefício parece o mesmo (considerando gasolina de procedência, claro).
    Grato!
    Abração.

    1. Sim. A Pódium é boa para qualquer motor da HD, por ser mais limpa, mais refinada. Mas não tem benefício nenhum em termos de desempenho, temperatura e batida de pino na maioria das motos. Isso é só na XR.

      Considerando que sua moto não é uma XR, eu sou favorável a seguinte estratégia: se você roda pouco, pague um pouco a mais e coloque a Pódium. Não vai pesar no seu bolso, e é uma gasolina que não acumula resíduos no fundo do tanque quando fica semanas parada.

      Se você roda com frequência, a economia de preço na bomba e a praticidade da Ipiranga compensam.

      Na Big Twin, só usei comum Ipiranga por anos, sem problemas. Na XR, só Pódium, excetuando-se emergências.

  3. Bayer, hoje fiz o teste da Podium na minha 883… Rodei quase até pane seca e depois enchi o tanque com Podium…amigo, acho que fiquei influenciado depois de ler o seu post e do wolfmann, conforme sua recomendação. Na minha primeira experiência achei o som do motor diferente…achei as respostas da moto mais rápidas…troque firme, forte….e na estrada enroscando o cabo achei que a motoca ficou enfezada! …fiquei me perguntando se a gasolina melhorou o desempenho do motor, ou melhorou o meu desempenho no acelerador! Aahahahahha. Abs

  4. Primeiro de tudo parabéns pelo blog. Leitura e informações muito boas. Estou na iminência de comprar uma XR 1200 X e em minhas pesquisas achei seu blog. Comecei ler e não parei mais. E essa informação sobre o melhor desempenho com a gasolina Podium veio em boa hora, afinal é mais uma informação útil sobre a moto que estou adquirindo (mesmo sabendo que está sendo descontinuada no Brasil). Valeu!

    1. Se você não tiver a opção de Pódium, pode usar a Ipiranga Premium também. Ela tem um pouco menos octanas que a Pódium, mas já é o suficiente para o que a XR pede.

      Quanto a sair de linha, fique tranquilo. 90% das peças são em comum com outras Sportsters.

  5. “””Se você não tiver a opção de Pódium, pode usar a Ipiranga Premium também. Ela tem um pouco menos octanas que a Pódium, mas já é o suficiente para o que a XR pede.”””
    Vale a pena utilizar na XR1200x.
    Além de ser mais barata que a Podium da BR.

  6. Tirando os PLACEBOS de vc colocar uma gasolina X e sua mente acha que a moto esta andando mais venho contar minha experiencia:
    Tenho uma V-rod e sempre coloquei gasolina comum preferencialmente em posto ipiranga e a 15 dias coloquei podium apenas 1/3 do tanque pra ver como ela se comportava ate pra dar uma “limpada” etc….a moto demora mais pra injetar antes de vc ligar , o som muda do motor (pra pior) e a moto fica mais presa…alguem poderia me explicar por isso acontece ? sera que ela foi acostumada com comum e quando se coloca podium fica mais xoxa?
    Achei estranho dai tive que escutar um coxa num posto dizendo que se deve colocar podium gradativamente primeiro com 10% do total do tanque e assim por diante…
    Um outro amigo meu me disse e como eu ja tinha essa hipotese e agora acredito mais ainda eh que toda gasolina no brasil eh uma merda e nao importa mto ficar com noia de marca de posto isso akilo…logico tirando aqueles que nao tem bandeira as bandeiras sao todas iguais e como nao somos coxas e nao temos grana pra colocar podium nao importa mto aonde se abastece e sim um posto que vc esta acostumado e que no geral nao te da problema ou a moto nunca se comporta diferente…..as vezes nunca saberemos a verdade um posto de mesma bandeira de donos diferentes e de cidades diferentes as vezes um compra batizada e outro nao…enfim…o negocio nao eh se preocupar mto pois existe muito mito em tudo isso!

    1. Guilherme, tenho uma Fat Boy que pouco uso podium, mas ainda é melhor que as outras…..mas o CÃO é a minha V ROD ….. após 2 anos com escape original e gasolina comum; coloquei um esportivo e tirei o miolo todo ( deixei oco até o útero )….coloquei filtro ar K&N ….. passei a usar a podium ….virou monstro….rsrsrsr…. ronca de startar alarmes de carros ….. passa dos 240 km/hr do velocímetro ….. a única merda é que “abana a frente” se tiver vento e tenho que puxar o guidão no braço como segurar cavalo chucro ….. ííííííííí´´uúúúúúú´

  7. Fui informado pelo meu mecânico sobre uma desvantagem da gasolina aditivada frente à comum, e gostaria da opinião dos srs… Ele comentou que, quando usamos a gasolina aditivada e eventualmente temos que deixar a moto parada por motivos de força maior (aqui em Curitiba, chamamos esse motivo de “chuva”) por mais de 10 dias, o aditivo acaba se depositando por decantação no fundo do tanque, formando uma espécie de borra, que pode comprometer o funcionamento de alguns componentes do sistema de injeção, entupir bicos, etc. Os amigos poderiam comentar a respeito?

    1. Sim, procede em parte. Mas na maioria das vezes não é tão grave assim…

      Mas não procede a informação da comum. O problema é a sujeira/pureza, não o aditivo da gasolina, que nada mais é do que uma espécie de detergente.

      Quando a moto fica muito tempo parada, a recomendação é botar Pódium. Ela deixa pouquíssimo acumulo no fundo do tanque, o mesmo vale quando está armazenada.

  8. Olá pessoal! Tenho uma 883 e uso o octane booster na proporção de 100 ml para 10 lts de gasolina comum ou aditivada e sinto que a moto fica acelerada e bem mais rápida. Pergunto: será que é muito aditivo para pouca gasolina, podendo assim danificar o motor???

    1. Não deveria ficar mais rápida, já que a taxa de compressão da 883 é muito baixa e o octane booster não surte nenhum efeito nesse caso… Ela é injetada ou carburada?

    2. Cara você está colocando demais, não faz isso não, o ideal seria no máximo 40 ML, basta você pensar que os 240 ml do frasco tratam 50 Litros

    1. Mas o motor da V-ROD é mais moderno que o da XR, mais tolerante com menores octanagens. Mesmo assim, o manual da V-Rod em inglês recomenda combustível com pelo menos 91 octanas, e no Brasil tanto a Pódium da Br como a Premium Ipiranga atingem esses números. As demais estão abaixo disso (a nova GRID da BR, por exemplo, alega 87 octanas).

      Nos fóruns gringos, proprietários de V-ROD que usam gasolina com 91 ou mais octanas alegam sentir um desempenho melhor.

      1. No manual da minha NightRod pede para o proprietário utilizar somente gasolinas de 95 octanos (R+M/2 igual ao IAD ou o AKI), ou seja, somente gasolina Podium da Petrobras.

        1. Isso é uma coisa que eu gostaria que a Harley esclarecesse. O da XR também pede 95 octanas aqui, mas 91 no manual gringo (pelo menos a versão que tenho).

          E realmente, com a Ipiranga Premium de 91 octanas, ela fica bem mais xoxa do que com as 95 da Pódium.

  9. Fui orientado pelo vendedor da loja da Harley para usar a Podium na minha 883.Estou querendo mudar para a comum e ela esta com 400 Km rodados. Será que da problema?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *