21 ideias sobre “Custom e Jaspion”

  1. Sempre gostei destes comparativos…E sem sombra de duvida me identifico muito mais com o homem das cavernas rs….É interessante notar como principalmente nos finais de semana vc se depara com japs andando com suas namoradas arrebitadas, shorts e salto alto, com as mãos no tanque de combustivel…acredito que em todas as coisas do mundo existem seus posers…vai do gosto de cada um. Eu por sua vez, prefiro muito mais o som cadenciado de uma custom do que o berro ensurdecedor de uma japs,,,Grande Abraço! André…

  2. Ah, clássica parada de semáforo que parece mais um embate de “western”. ehehehehehe geralmente é assim mesmo…

    Mas mesmo assim, a depender é mantido certo respeito, por mais incrível que pareça já veio jaspion elogiar minha custom em determinada ocasião e vice-versa.

      1. Muito bom seus posts Bayer, estou sempre acompanhando e os assuntos sempre interesantes. Parabéns!!!!!

        PS: O coxinha é um apelido antigo nada relacionado com assuntos aqui abordados. kkkkkk

  3. O Andrezaum disse tdo: Tem poser’s em qualquer territótio. Podem acreditar, mas conheceço alguns jaspions mto parceiros e que curtem om estilo custom, só que preferem “voar” nas esportivas. Por mim, tdo bem, entendo perfeitamente…O que me incomoda (e nem tanto assim) é perceber que de cada 100 jaspion’s, talvez um ou dois realmente saibam realmente saibam pilotar aquelas motos e tirar delas o que elas podem lhes proporcionar. Eu é que não compraria uma moto de 50 mil Dilmas que atinge 320 km/h p andar no sábado de tarde a 60km/h na avenida principal da cidade, principalemtne se estivesse vestindo um macacãozinho de mais 15 mil $$$… Agora, se for p tirar delas o que elas tem p dar nas estradas, ai sim, macacão é fundamental e a moto, tb! Se for p passear, prefiro seguir com a minha “cadeira de rodas” (como os jaspions chamam as motos custom), mesmo..
    Abraços!

    1. A briga de poser tem entre trilheiro, aventureiro, jaspion, custom, fotógrafos, surfistas, músicos e por aí vai…

      Acho que é da natureza humana.

      Concordo que o problema dos Jaspions é que é muita máquina pra pouco piloto. Se eles morressem sozinhos, ok, mas volta e meia levam um companheiro junto.

      1. Galera,,,assim, não tenho nada contra os japs, mesmo sendo ou não posers, muito pelo contrário, meu irmão mesmo teve por muitos anos uma Hayabusa, roupinha, botinha, td combinandinho rs,,,,eu ficava enchendo o saco dele,,,, e ele mesmo comentava que lugar p baixar a mão é no autódromo…Lógico q o cara compra uma moto de 50 mil, que chega a 330 km o cara vai qerer descer a lenha, sem dúvida…mas o problema é que geralmente esse cara não tem a menor experiencia, e nunca nem imaginou participar de um curso de pilotagem. Uma coisa é certa, NUNCA PILOTE MAIS RÁPIDO DO QUE SEU ANJO DA GUARDA PODE VOAR….rs….Abraços!

      2. Concordo…
        O problema q vejo aqui np brasil, eh q os ditos jasperos soh querem cortar giro e enrolar o acelerador em linha reta (chokusen banchô, no Japão). No Japão, pessoal q anda de esportiva vai andar nas montanhas, para treinar pilotagem, e o gostoso de motos esportivas e nakeds eh fazer curvas.
        No momento, tenho uma humilde tenere 250. Acho que trail/big trail aqui são poucos. escolhi justamente por causa de nossas ruas e estradas. E acho que a maioria de trail/big trail riders nao tem essa visão conforme a ilustração acima. Pelo menos eu sou assim……

        1. Aqui em São Paulo o destino de muitos donos de motos esportivas é a estrada dos Bandeirantes e o Shopping Serra Azul. A maioria pega essa estrada porque é lisa e ampla, apenas para enrolar o cabo e postar no YouTube o velocímetro a 299km/h. Chega a ser engraçado ver tanta moto criada para enfrentar curvas, só que cheias de chicken stripes nos pneus, e “pilotos” com macacões cuja saboneteiras estão sempre intactas.

  4. Uma coisa é vc ter respeito pelos outros e ser respeitado. Outra coisa é não pilotar mais rápido do que seu anjo da guarda pode acompanhar. Fico de cara qnd japs andam principalmente com Hornet / XJ6 a 80 – 100 km/h no corredor…Seja de custom ou de speed, respeite para poder ser respeitado!!!

  5. Eu nunca vi rivalidade, o legal são as diferenças!!! Voltando de MG sentido RJ na serra depois de itamonte passou um cara de esportiva por mim, presos ambos pelos carros ele passou e fez sinal com a mão que podia passar também, fez outro sinal perguntando se iria subir a serra, respondi que sim, ele então fez sinal pra mim passar e puxar a tocada, como a Spostster XL tem as suas limitações em curvas em alta velocidade fui puxando até onde dava pra andar numa velocidade legal, depois fiz sinal pra ele puxar a tocada, ele me ultrapassou e foi puxando na subida da serra, e fui acompanhando vendo ele deitar nas curvas… Penso que esse é o espirito da coisa! Me diverti de mais na tocada e não trocamos uma palavra apenas gestos e sinais… Ele parou num restaurante na serra e continuei minha viajem até em casa feliz pela brincadeira respeitosa!!! Abçs

    1. Pois foi o que eu disse: conheço vários “Jaspions” que não entram nessa briga, apenas curtem motos assim como aqui no mundo custom, há caras que curtem moto e ponto final, enquanto outros acrditam que quem for diferente já deveria ter nascido morto! hahaha… Assim como tem poser em qualquer lugar, tb há encrenqueiros de plantão em todas as tribos… Vamos levando.

  6. Eu particularmente curto moto speed também. Deve ser mó tesão tocar em pista de corrida, curvas insanas, giro sempre alto. Mas quando eu paro do lado de um brother assim no semáforo, tipo no trânsito, e escolho uma das seis posições diferentes pra descansar meu corpo na moto, só consigo pensar “esse cara deve pagar um quiroprata”.

  7. Sò acho escroto uma coisa, cheguei nesse mundo de 2 rodas recentemente, este ano pra ser mais exato.
    Vejo que rola críticas de quem curte trail, custom, esportivas… Claro, todo mundo tem um gosto, hoje tenho HD e acompanho alguns vlogers no youtube onde tenho visto um termo pejorativo nascer, ‘jaquetinhas’.
    Engraçado, ‘zoar’ quem compra jaqueta HD. Não temos culpa se a marca (apesar de achar acomodada referente à tecnologia) usa BEM seu marketing. É mestra em vender seus (belos) produtos.
    Fico pensando que a bronca não é com a ‘jaqueta’ mas com a marca que muitos não curtem. PArece que é obrigatório usar qualquer coisa ( macacões ‘milionários’, dainese, alpinestar) menos jaqueta HD.
    Se ferrar, acho do caralho as jaquetas HD, só não tenho pelo roubo que cobram aqui. Inclusive as da Triumph são muito legais também.
    Uso uma Joe Rocket, quando puder compro uma HD!

  8. Ainda que (conforme a imagem) eu prefira ser um homem das cavernas que um ET num UFO (kkkk), essa imagem me lembra também de uma frase de Carl Sagan:

    “Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível de mágica”.

    Fazendo uma paráfrase, qualquer tecnologia um pouco avançada parece alienígena.

    Mas fico com minha tecnologia atrasada, obrigado.

    Sobre as “rivalidades” de preferência, existem, sim, é fato. Agora, filho da puta é filho da puta, e irmão é irmão, independente do tipo de veículo que use. Não dá pra generalizar o comportamento de todo fã de esportiva só por causa de uma meia dúzia que fica tirando fino a milhão de quem está na estrada apenas pra passear.

  9. Eu ando de Sahara em um clube que tem de Intruder montada na garagem a Bandit 1200. Como já dizia a propaganda do Free: cada um na sua, mas com alguma (no caso, muita) coisa em comum.

    O dia que ue ganhar na mega ainda monto um hangar com pelo menos uma de cada estilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *