29 ideias sobre “Pra quem reclama de andar na chuva”

  1. Nunca tive medo de sair na chuva, claro que evito por motivos óbvios, mas se planejei um passeio ou viagem pro dia tal não me importa se chove canivete nesse dia, saio igual.
    Mas confesso que tenho muitos amigos que não se aventuram em sair com previsão de chuva, quanto mais uma nevasca dessa.
    Destaque mesmo é a destreza na pilotagem, a estrada está tão lisa que parece manteiga… além de andar pra frente, faz um zero pra zuar os caras do carro e pra humilhar sai de lado equilibrando a moto numa posição que já vi gente cair no seco.

  2. Saudações.
    Não me classifico coxa, jamais.
    Rodo com chuva, poeira de estrada de terra sem problemas.
    A única dificuldade que já tive, foi ter que atravessar um trecho de barro….ai “fdu”…..a lama travou a roda dianteira devido ao paralama muito próximo da roda. Um senhor em uma carroça me salvou rebocando a motoca.
    Se vou para a estrada, que Deus me guie.
    Abçs.

  3. Interessante como TUDO, hoje em dia, ligado à moto, que não seja na forma, gosto e textura, dos caras que se imaginam os Pica-da-Galáxia, vira coxa ou coxinha.

    Cacete!, o cara mora no Canadá. Se ele não souber e não se importar em sair caindo nevasca, para que ele teria uma moto?

    Mutatis, mutandi, (de outra forma) seria o cara no calor brasileiro (43ºC) à sombra, não sair de carro, por que não tem ar condicionado.

    Nasci e cresci vendo moto como 2º veículo, ou veículo de entretenimento (usado como veículo de lazer). No sol.
    Ou na chuva, se for fazer uma trilha radical.
    Querer que todo mundo saia de moto em chuva tropical brasileira, quando o cara tem possibilidade de sair com seu carro, e por causa disso achar que o cara é coxa, é o cúmulo do ridículo.
    Ninguém é melhor ou pior por deixar a moto em casa num dia chuvoso.
    Eu deixo a minha, porque chuva enfeia os cromos da minha.
    Essa tentativa tosca que muitos motociclistas estão tendo em qualificar os que se diferem de si mesmos (chamando-os de coxa) é uma coisa mais que idiota.
    Além de ir de encontro com o símbolo máximo que usamos em nossos coletes ou anéis nos dedos.
    Aquela caveira que está lá é para dizer que somos todos iguais.

  4. Concordo com o comentário acima onde diz que temos que nos adaptar quanto as condições climáticas no país. Tenho carro e moto, só opto pelo carro quando tenho que sair com a família e/ou tenho alguma encomenda de grande porte, caso contrário moto na veia… Quanto a pilotar na chuva, sou um caso a parte, sinto o maior prazer em pilotar na chuva. A adrenalina é maior e curto mais o deslocamento / passeio. Quanto a sujar a moto, nada que um dia no fim de semana resolva… Como disse sou um caso a parte, um cara meio estranho, por incrível que pareça tbm sinto prazer em lavar minha moto….

    1. Às vezes eu encaro moto do mesmo jeito que encaro exercício: o durante é ruim, o depois revigora.

      De vez em quando, gosto de chegar em casa depois de passar frio, incômodo, cansaço. Não tem sono nem banho melhor do que o depois de passar um perrengue na estrada.

      Encaro isso como uma aventura. Curiosamente, isso foi o que sempre atraiu pessoas para o mundo das duas rodas. Ninguém que buscava conforto ou o comum ia pra esse lado, até porque motos são perigosas por natureza.

      Mas hoje parece ser o oposto: quem faz isso é criticado por querer passar por “malvadão”. Honestamente, não entendo. Sou partidário do pensamento do grande Theodore Roosevelt:

      http://content.artofmanliness.com/uploads//2013/07/Theodore-Roosevelt-2.jpg

      1. Sou adepto do mesmo pensamento!
        É engraçado ver a reação do pessoal aqui no trabalho em dias de chuva, quando chego de moto com um sorrisão no rosto! Aí sempre tem um que pergunta:
        – Você é louco? Você não tem carro?
        A resposta é sempre a mesma:
        – Sim, tenho. Está em casa, guardadinho na garagem, protegido da chuva. Sim, sou louco… pela minha moto!

          1. Somos 5 … rrsrs Cara, nada mas massa que um puta calor e voce chega perto de uma cidade e ve de longe aquela chuva pra refrescar!
            Ou entao fim de tarde rolezinho na city e a chuva te pega no caminho. Na boa sou muito loco por que fico felizaço!

  5. Acho interessante colocar em prática o que a gente treina. Tenho alguns amigos muito habilidosos, seja no seco, na terra, na lama ou na chuva.

    Eu confesso que preciso praticar sempre para encarar essas “pedreiras” que aparecem de vez em quando.

    Não gosto de chuva, mas não evito… Mas acho que ia pensar muito antes de encarar esse piso gelado.

  6. Andar na chuva faz parte. Se vc vai fazer uma viagem longa pode sair com sol e o tempo “encrespar” no caminho. Quem teria a ousadia de voltar p casa? Sujou, basta lavar. Quem escreveu ai q a chuva “enfeia os cromados” não conhece Kaol, Brasso, Cera Líquida e outros parangolés que fazem a magrela brilhar como o por do sol! Eu tb gosto de ver moto sempre limpinha, mas não deixo de me divertir com ela por causa disso. Meu maior problema, em relação à más condições climáticas e perigos em geral na estrada, são as “crateras” que se formam no asfalto após chuvas fortes. Mes passado, sai de uma curva em declive a 110km/h e dei de cara com uma sequencia de crateras! Não tive o que fazer, só segurar firma e tirar a mão. Quase quebrei a coluna (minha coluna) e a mesa da moto! parceiro que vinha logo atrás entorou as duas rodas e quase fomos p brejo… Eita Brasil, véi! IPVA, pedágio, seguro, IR e tdo máis e nós c essas estradas!

  7. ta loco,voces so reclamam,se vc tem medo de anda na chuva ou na neve entao nao anda porra,nao vem reclamar aqui. eu n tenho carro entao se ta chovendo,se eu tenho que carregar coisa ou ir longe pra caralho eu vo faze oq? amarra um teto de fusca em cima da moto? nao ne porra.

  8. Du caralho o vídeo e ele tem a manha total de andar nesse lugar… Da hora ver como é a aceleragem e claro, o controle utilizando os pés… O lance de ser ou não ser, eis a questão, vai de cada um…
    Me lembro bem de uma viagem que eu mais dois amigos do motoclube fizemos, foram apenas 120km, mas eles estavam com capa de chuva e eu nem tenho… rsrsrsrsrsrs, já estava chovendo e nos programamos pra ir, e o estresse no limite… Enfim, encaramos e foi muito da hora, e como sempre levo outra roupa, cheguei no meu destino só tomei um bom e quente banho e tudo certo!!! \m/
    Agora, cada um usa a sua moto como quiser e ponto final!!! rsrsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *