13 ideias sobre “Via Libera”

  1. Que animal! É muito louco pensar que o mesmo espírito motociclístico permanece igual em diferentes culturas..
    E puta produção foda pra caralho! A tipografia e os símbolos gráficos com animação, a fotografia do vídeo, trilha sonora e animação 3D dos créditos finais, sensacional!!!

    Bayer, mudando de assunto.. Estou pensando em sair pra fora do Brasil. E eu fiquei pensando como deve ser pilotar em uma cidade em que o lane splitting é ilegal. Vc já teve essa experiência? Pegar um trânsito atrás de um carro em plena rush hour, altas multas até se acostumar, se preocupar se o carro de trás não vai passar por cima de vc, não estar na primeira fila no farol vermelho, chegar atrasado porque não dependeria só de mim por estar de moto.. Enfim, confesso que gosto e muito de pegar corredor e ser independente do trânsito; mas colocando na balança, vale muito a pena, mas sentirei falta.

    1. Tem lugar que o pessoal “finge que não vê”.

      Mas cara, o trânsito é tão mais civilizado que em muitas cidades brasileiras, com ruas largas e sinalizadas, e com motoristas acostumadas com motos ocupando o espaço de um carro, que eu nunca tive problemas.

      Nossa busca pelo corredor é porque somos um país que se espelhou nas ruas da Europa, com ruas estreitas, mal planejadas, onde o espaço é disputado à tapa.

      1. Faz todo o sentido!
        Fora que não existem as infinitas crateras e as ruas em que vc é obrigado a se aventurar como motocross.
        Mas pra onde estou indo, o lance do “finge que não vê” (Imagino que seja grande parte dos EUA, com excessão de Cali que é permitido?) não se aplica.. E as multas são pesadas pra quem é pego fazendo.
        Ah e mais um detalhe fortíssimo que esquecí de mencionar! Ficar um tempão sem conseguir andar de moto por causa da neve! Ficar igual um crackeiro sem pedra!

        1. É isso mesmo, legalmente só pode na Califa, mas vai da sua sorte em alguns estados e do humor do policial. Mas é o que você disse: na maior parte dos EUA ninguém tolera e a multa é grave, no seu lugar eu não faria. Tem lugar que vão te encher até se você estiver com um colega e parar do lado dele na mesma faixa, eles pedem que fique um na frente e outro atrás.

          E mesmo na Califa, olho aberto: muito motorista não sabe que é permitido e faz de tudo pra te prejudicar.

          1. Tão de sacanagem?
            Já ouvi falar e inclusive vi vídeos que no canadá também segue a mesma regra. Estive pensando em ir pra lá…
            Mas como as estradas são maiores penso que também deve ser mais fácil ultrapassar o tempo todo, ou não?
            O que dificultaria o motociclista, tirando o trânsito dentro da cidade, em um auto estrada fazer ultrapassagens?

          2. Tem motorista que fica puta com motoqueiro e fecha mesmo. Se bater, a culpa é sua. Mas isso é uma mentalidade hillbilly, com sorte você não vai cruzar com um desses.

          3. Essa de parar do lado de um camarada eu não sabia!
            Pra quem não está acostumado como eu, seria até engraçado.. Imagina parar do lado de um desconhecido de moto no farol vermelho, acenar com a cabeça e o cara pensando: “Wtf is this dude doing here..”
            Bayer, a sua família veio de que região dos EUA?
            Vc pensa em algum dia voltar pras origens?
            E eu tava pensando, deve dar um puta trabalho traduzir todos os textos, mas já chegou a pensar em ter os seus posts em inglês também? Com certeza iria atrair pessoas do mundo inteiro comentando com uma visão diferente do que agente tá acostumado aqui. Rapaz, o olddogcycles.com tem um puta calibre do caralho, eu não me impressionaria se alguns gringos do meio quisessem fazer algum tipo de proposta ou parceria contigo. Aí, quem sabe tudo isso que vc criou aqui se transforma em grandes oportunidades.

          4. Já pensei em fazer em inglês algumas vezes, mas boa parte do que eu posto aqui é o que muita gente lá sabe, e que nunca chegou aqui. Mas volta e meia alguns gringos entram em contato para mandar vídeos, saber mais da nossa cena aqui. É um intercâmbio bacana.

            Minha família? De Detroit, o amor por motores tem uma influência aí. Alguns são do Mississippi e outros de L.A. Infelizmente, muita gente de lá tem ido deste mundo pra outro, e muitos dos filhos estão por aqui ou em outros países, então o elo de sangue é cada vez mais fraco com a terra do tio Sam a cada ano que passa.

            Obrigado pelo elogio e pela força!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *