Wild Angels, um dos expoentes da biker-exploitation

Os filmes chamados de exploitation dos anos 60 e 70, recebiam esse nome pois foram criados para ganhar dinheiro fácil, “explorando” subculturas que estavam na moda, sempre com baixo orçamento e muito sensacionalismo em cima deles. Wild Angels é um dos mais conhecidos, e foi a semente para o filme Easy Rider (Sem Destino).

Aliás, Easy Rider merece um post a parte. Apesar da maioria hoje em dia considera-lo um filme tosco, ele causou um enorme furor na época, já que foi um dos primeiros a dar voz para o movimento da contra-cultura que surgia nos EUA, fundado por jovens que não concordavam ou queriam fugir da Guerra do Vietnã. Além disso, sua estética de belas imagens com uma trilha sonora interessante, praticamente fez com que a linguagem do videclipe se popularizasse nos anos seguintes. Ou seja: sim, ele é tosco, mas sua influência cultural é inegável, e merece reconhecimento por isso.

wild_angels_wanted_poster_-_peter_fonda_-_nancy_sinatra

5 ideias sobre “Wild Angels, um dos expoentes da biker-exploitation”

  1. Sim são ruins, mas eu gosto! acho que eles tem seu valor, mesmo que alguns diretores da época tavam se lixando ou não sabiam nada sobre a cultura biker.
    Mudando de assunto de um pulo lá no blog, usei seu post lá para fazer um, abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *