Moda bizarra na Inglaterra

Recentemente na Inglaterra, algumas pessoas começaram com a mania de usar jaquetas iguais a dos policiais de lá, mas com a palavra “Polite” (educado) no lugar de “Police”.

O motovlog do Baron Von Grumble flagrou um desses recentemente.

Se a moto pega aqui, e do jeito que o país anda fora de controle, bem capaz do pessoal do crime dar um tiro no sujeito.

12 ideias sobre “Moda bizarra na Inglaterra”

  1. Interessante… Porque será que escrevem ‘Educado’? Alguma critica velada ou somente jogo de palavras? rs

    Aqui dava pra adaptar para ‘Polido’, sei lá – pareceria policia, o que é a intenção. Mas acho que seria pedir pra levar tiro, mesmo…

    Mas o que mais me chamou atenção no video: Existe cultura de andar no corredor por lá também! As vezes dá pra achar que o video é em alguma cidade brasileira, exceto por um detalhe, que infelizmente não é a mão contraria: tudo muito limpo por lá…

    1. Na Europa eles tem uma boa relação com as motos, a Itália é uma loucura ver como elas são no trânsito.

      Mas igual ao que você vê nos corredores das capitais, como moto a 100km/h passando por carro parado, é exclusividade nossa (pelo menos com a frequência e normalidade que encaramos isso).

    2. Já que tocou no assunto “corredor”, recomendo que veja os vídeos de um sujeito que roda por Londres a bordo de uma Husqvarna Nuda 900R. Não me recordo o nome do canal, mas pesquise por “daily observations on a husqvarna Nuda 900R”

      Abraço!

    3. Olá, moro em Dublin ha alguns meses, e por aqui isso é bem comum, os “high vis vests” ou coletes de alta visibilidade, eles usam pra quase tudo que se faz durante a noite, ou na rua.
      Não só os motociclistas, mas os ciclistas, quem corre, trabalhadores , etc…
      Quanto a “POLITE”, acho que é só uma jogada de marketing pra vender esses coletes, já que são bem baratos por aqui (algo na faixa de $2 a $3, as vezes se conseguem mesmo de graça).

  2. Opa, Bayer,

    Estou comprando minha primeira harley. Uma iron 2015, na autostar. Até hoje só pilotei Honda, Kawasaki e Suzuki. Você tem alguma dica sobre tirar uma harley zero daquela concessionária? O que eu posso cobrar dos caras ou não? Dada a sua experiência com motos dessa marca.

    Agradeço.
    Leio esse blog faz tempo. Tuas dicas já me ajudaram muito nas viagens. Principalmente o contra esterço, muito útil na serra gaúcha.

    Falou.

    1. E tristeza quando vê os preços das motos, mais tristeza quando vê o trânsito , mais tristeza ainda com o respeito ao consumidor mas dá um pouco de felicidade em saber que em no máximo dois anos minha cidadania italiana vai sair hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *