Customizar, o que pode ou não pode?

Esse é um assunto polêmico que tem várias interpretações. No Brasil a lei parece clara, mas tudo acaba dependendo do lugar onde você mora e da interpretação da autoridade do local. Muitos pediram aqui que fosse feito uma pauta sobre isso, por isso vou indicar o vídeo que o canal Motorama lançou recentemente:

23 ideias sobre “Customizar, o que pode ou não pode?”

    1. Cada um diz uma coisa. Geralmente, se está do lado mas é visível em ambos os lados da traseira (como aquelas presas bem no eixo traseiro) as autoridades deixam passar.

      Na prática, o cara pode alegar é alteração das características originais da moto e botar no guincho. Só essa semana, soube de dois casos em SP.

  1. Mt bom, falaram tudo certinho, gostei do vídeo, eu tbm andei fazendo algumas modificações na minha moto, e a unica coisa que não poderia ser feito em hipótese alguma de acordo com o CTB é alteração de potência do motor.

      1. Pois é…. eu fiz uma modificação na minha mas tenho que ficar desviando de blitzes. Já passei em algumas mas tive a sorte de não ser parado. Já pesquisei muito sobre isso e cada despachante, cada Ciretran falam uma coisa diferente….

        1. é simples, da uma ida ao INMETRO para poder fazer o laudo, geralmente fica uns 150 reais, para alterações visuais, ou seja, nada que tenha a ver com modificações de potencia, o cilindrada.

  2. Pessoal, placa lateral não pode!!Imagine as seguintes situações: moto em fuga ou em excesso de velocidade, moto passando no sinal vermelho, como essa moto será identificada pelo policial ou camara fotográfica do radar?

    1. Complementando, se a policia quiser embaçar, vai… Se procurar um pouco no youtube verá que eles embaçam até se a placa estiver naqueles suportes deitados, pois dificulta na leitura da placa. Tenso….

  3. Certa vez em um post você comentou sobre um estilo de customização diferente do que estamos acostumados. As motos, na maioria esportivas, mas não vejo nada sobre e nem o nome do estilo eu consigo achar. Pode ajudar? Obrigado.

  4. “FAZ O QUE TU QUERES, HÁ DE SER TUDO DA LEI!!!”
    ha ha ha!!!

    1. Se vc alterar a potência ou a cilindrada do motor, qual policial visionário ou mágico vai adivinhar em uma blitz?
    E olha q sou Policial, hein…
    2. P q a placa na lateral? Alguém q já usou (eu usei…) pode garantir q é uma b0$t@!! Enrosca em tdo q é lugar, portão, pneu de carro, perna das pessoas… uma droga.
    Ainda mais no Brasil q a placa parece um outdoor!!! Se fosse uma plaquinha americana que eles ainda colocam de lado (na vertical) ao lado pneu, até q seria legal, mas com a nossa placa do tamanho de uma quadra de tênis, não tem como.
    Em customização MENOS é igual a MAIS. Não precisa parecer um pinheirinho p fazer uma moto massa!
    Eu primo pela utilidade da moto. Só altero alguma coisa que me seja útil em viagens e que não atrapalhe EM NADA o desempenho da nega!
    P ilustrar: se vc colocar nossa placona na lateral de uma Fat Boy, ela já não anda mais no corredor, pelo menos não com a (falta de ) desenvoltura com que andaria se não fosse essa alteração.
    Então: não estou nem ai se pode ou não pode (legalmente) fazer essa alteração. O q me importa é que NÃO DEVO fazer isso p q seria inútil aos meus propósitos de motoqueiro, quais sejam: andar de moto sem q ninguém (inclusive agentes de transito) ou nenhum problema (incluindo placas enroscando em coisas) me encha o saco!
    Abraços!

  5. Bom, conforme a previsão do Art. 230, inciso XI, o agente, só pode autuar o proprietário da motocicleta, motoneta ou ciclomotor, SE O ESCAPE ESTIVER LIVRE ( SÓ O CANO) ou se O SILENCIADOR DO MOTOR DE EXPLOSÃO estiver defeituoso, deficiente ou inoperante. Espero ter ajudado
    E SOU CGZERO HEHEH

  6. Novas modificacoes, no entanto, nao receberao aprovacao com a mudanca do escapamento, e aqueles que insistirem em tentar, simplesmente atrasarao seu processo de aprovacao e precisarao esperar ainda mais para poder modificar sua moto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *