Motociclista reage com fúria em assalto

No filme 60 Segundos, com Nicolas Cage e Angelina Jolie, há uma cena onde um rapaz tenta assaltar a mão armada um dos carros que já está sendo furtado por outro ladrão. O engraçado da cena é que o cara que estava furtando o carro com “habilidade” desce a porrada no rapaz que tenta roubar a mão armada e ainda diz: ” Seu preguiçoso do caralho! Qualquer idiota pode apontar uma arma pra alguém! (…) Você precisa de um exemplo de vida.”

Não vou entrar no mérito de que, nos EUA, a justiça tenta empurrar os criminosos para crimes sem violência, como é o caso do furto, e dão penas muito mais pesadas quando se há uma vítima presente ou se usa uma arma. Também não vou entrar no mérito de que a bandidagem por lá evita o confronto, porque nunca se sabe quem vai estar armado.

Já no Brasil, parece não fazer diferença se o crime foi violento ou não: o sujeito vai sair livre de qualquer jeito, ou cumprir uma pena mínima. Tem gente que foi mandante do assassinato dos pais e que logo mais estará livre, gente com pena de 200 anos que cumpriu só 32 e matou logo depois de sair da cadeia, sem falar políticos de basicamente todos os partidos do país com culpa no cartório, mas com gente suficiente para defendê-los.

Ou seja, no Brasil, até bandido pode ser incompetente porque dá pra escapar da punição. E com uma população acuada e refém deles, qualquer cara com um .32 enferrujado sai pelas ruas causando pânico, se sentindo dono do mundo.

Por isso acredito que a reação do cara acima é um reflexo do mais puro desespero que a população enfrenta. Imagino que ele deve estar pagando a moto financiada, sem seguro, contando o dinheiro do mês, só pra ver um meliante levar tudo embora em segundos, deixando ele com um monte de parcelas pra pagar e andando a pé. Em várias capitais do país é comum ouvir do pessoal das CGs dizendo que eles pagam dois carnês: o da moto atual e o da que roubaram.

Graças a Deus nada aconteceu com o cidadão do vídeo. No manual do que não fazer no caso de apontarem uma arma para você, esse cara fez o contrário de tudo o que o bom senso dita.

Mas confesso que fiquei feliz com o resultado: dá gosto ver a bandidagem correndo de medo do sujeito desarmado. Quem tinha que ter medo é a bandidagem.

Mostra pra eles, Chuck Norris tupiniquim!

B7Am4I8CYAAusqW

7 ideias sobre “Motociclista reage com fúria em assalto”

  1. Porra,,,o cara tem 7 vidas? Cara,,,realmente são por esses motivos que cada vez q eu olho para o meu 38 (registrado, arma certinha, toda documentada), guardado na gaveta, da mais e mais vontade de sair com ele na cinta!!! Pena que em nosso país isso até o momento não é possível, para nós simples cidadãos (até o momento, deixa o Mito entrar para ver se essa situação não muda) rsss…
    Abraço a todos!

  2. Eu creio que existe uma explicação para isso: esses moleques estão chapados de drogas, a queima roupa eles atiram muito bem, mas a longa distancia o efeito das drogas e mais a adrenalina fazem eles se desesperarem e não conseguem acertar o alvo.

  3. Puta merda, o cara foi esperto demais, fazendo zigue zague…
    E outra, a coisa tá tão feia, que os ladrões não esperam reação de ninguém, e quando isso acontece eles estão mais despreparados que o próprio assaltado…
    Já tentaram me assaltar, mas estavam desarmados, daí sem sucesso… Mas não encararia uma arma apontada a meia distância assim com apenas 1 capacete nas mãos, ele foi bem louco e deu sorte… o.O

  4. O cara foi extremamente boludo. E deu uma sorte absurda desses moleques estarem com “parkinson” na hora de atirar.

    De qualquer forma, ele segurou o bem dele na “unha” o que é louvável em um pais que te obriga a ser “pacífico” em qualquer situação e não reagir sob pena de ser incriminado por isto.

  5. As pessoas estão domesticadas no Brasil.
    Nos dizem para não reagir e contar com a ajuda divina.
    Há político de sobra defendendo bandido.
    Com o estatuto do desarmamento, viramos ovelhas no meio de lobos.
    Não temos nem o direito de nos defender.
    Perdemos direito até mesmo de ter bens e um lar tranqüilo.
    Desculpe a sinceridade, mas bandido bom é bandido morto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *