Quake City Rumblers: a galera das 50cc

Não importa a moto que você tem, o importante é o que você faz com ela. Os Quake City Rumblers são um clube de cinquentinhas lá de Christchurch, na Nova Zelândia.

Eles provam uma coisa que eu sempre digo: se tem duas rodas, dá pra se divertir.

11 ideias sobre “Quake City Rumblers: a galera das 50cc”

  1. Uow, que videozinho mais da hora… rsrsrs
    Uma coisa eu digo, se descolar uma garelizinha dessas pra rodar na BR-381, não dura uns 10 minutos…
    Mas pra rodar na cidade e se divertir por perto, é muito da hora, o que importa é a diversão!!!
    Massa demais Bayer… \m/

  2. Esses tempos pensei em comprar uma CG 1982 pra dar voltinhas rápidas. (padaria, farmácia, brincar, etc…)
    O que importa é a diversão!

    ps. Não preciso ficar exibindo a Nightster pra tudo que é lado. (meu ego não é exigente)

      1. Eu sei bem como é essa vida brother! Mesmo numa cidade onde o transito nao aparenta ser tão caótico, como Curitiba, andar de FatBoy todo dia estava é foda! Aqui o pessoal nao sabe o que é corredor, e fica puto da cara se vc buzina pedindo passagem, ou seja, ja sabe né, Curitiba rs. Deste modo, acabei comprando uma segunda opção, ou seja a minha Falkeira. Cara, que motoca gostosa de pilotar, putz,,,mesmo ela sendo 400cc é uma moto excelente p/ o transito.
        Estou montando na garagem de um brother aqui, uma Bobber, (montando ja quase 1 ano) sobre o quadro e motor de uma Shadow 2001 que peguei detonada em um leilão. O motor foi todo refeito, e o quadro realinhado, lixado e pintado, contudo ai como sempre, acaba a grana rs,,,,
        Essa moto vai ser a minha do dia a dia, dark, baixa, rabo duro, malvada,,,Não vejo a hora de terminar,,,
        Enquanto isso, vamos curtindo o que temos,,,como diz a galera do Motorocker: Não me fale da marca, me fale da estrada. Viver p/ rodar, Rodar p/ Viver!!!!
        Grande abraço, cambada!

          1. Minha intenção é que nos próximos meses eu consiga finalizar a parte de funilaria e pintura, contudo para dar esse passo e praticamente finalizar a moto vou ter que me desfazer da Falcon,,,infelizmente,,, mas é a vida,,,
            Tenho diversas fotos dela, desde o momento que vi no leilão, até a etapa atual na mecânica…
            Quando eu finalizar 100% mando todo histórico p/ vc Brother,,,Grande abraço!

  3. Em época em que multa de transito, serve para financiar a CET e, perder a carta, é uma realidade de muita gente (que passou a 47 em radares de 40) as 50cc ganham espaço, pela não-necessidade de habilitação (temporária creio eu). Logo, uma 50cc cutomizada by hand, ia ser divertido e produtivo ao mesmo tempo!

  4. Cara acho que o espírito é indiferente de marca modelo cilindrada ou até mesmo estilo de moto. Todos amamos essas máquinas que nos trazem tantas alegrias, dores de cabeça (e de bolso). Na real acredito na liberdade e diversão ela pode vir de 1600cc , 1000cc, ou 50cc. Sempre o que vale são as amizades e a diversão

    Ps: Lendo no posto de saúde com o piá a 40c de febre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *