Fugas de moto

Perseguição meio surreal nos EUA. O cara fica fugindo à esmo por 20 minutos, então decide largar a moto, tirar o casado e fugir a pé na maior tranquilidade:

Enquanto que, aqui no Brasil, o pinote termina com o policial correndo atrás do meliante a pé, ambos de capacete ainda:

6 ideias sobre “Fugas de moto”

  1. Que coincidência incrível! Acompanho o blog há muito tempo e hoje o tópico aconteceu comigo.
    Dois jovens, um de 20 e outro de 26 anos assaltaram um posto de pagamento bancário no centro da cidade e acabaram encontrando, durante a fuga, duas viaturas (camionetas) do Pelotão de Operações Especiais. A que ia mais à frente era a minha.
    Assim que o garupa avistou nossa viatura, sacou um revólver e começou a atirar para trás, na nossa direção e em plena via pública. Revidamos, mas não os atingimos.
    Logo o garupa caiu e foi preso pela segunda viatura que vinha logo atrás da minha. Eu e meus colegas continuamos na perseguição da moto. O piloto a abandonou e, em seguida, iniciou uma fuga a pé.
    Quase sofremos um acidente com a viatura porque estávamos numa viela acidentada, o que dificultou que prosseguíssemos embarcados. Passamos a perseguir o piloto a pé, por matos e pátios de residências próximas, para prendê-lo em frente a uma escola pública com todo o dinheiro roubado do posto bancário.
    A moto havia sido roubada em frente a um supermercado dias antes. Ambos os jovens tinham antecedentes criminais e o garupa estava usando uma tornozeleira eletrônica, ou seja, deveria estar trabalhando naquele horário, cumprindo pena no regime semiaberto. Com este, foi encontrada a arma e uma carteira levada de um cliente do posto bancário.
    Ninguém ficou ferido no tiroteio e os dois bandidos estão presos. Pelo menos, por ora.
    Agora estou em casa, curtindo meu filhote de 3 meses junto da minha esposa e esperando a próxima chance de dar uma banda na minha motoca, sabendo que a cena descrita acima está muito comum neste país, mas torcendo com toda a esperança e força de vontade que Deus me deu de que o futuro melhor. Sei, infelizmente, que este futuro está distante.
    Abração a todos!

    1. Cara, que legal, mesmo com todos os problemas de segurança que temos aqui no RS, é graças a brigadianos dedicados que nem vc que a gente ainda se sente, pelo menos um pouco, seguros de sair na rua. Parabéns e força para continuar na luta, pq eu sei que a situação não está fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *