Mais um assassino nas estradas

A partir de hoje, eu não vou considerar nenhum vídeo como esse aí em cima cima como “acidente”, já que essa palavra tem mais a ver com algo que fugiu do controle, obra do acaso.

O que vemos rotineiramente nas nossas estradas são tentativas de homicídio, que algumas vezes acabam virando assassinato. Infelizmente, é o caso do vídeo acima, onde uma van força uma ultrapassagem e acerta um casal em uma moto. Mais sobre essa notícia aqui.

Uma van, um caminhão, um SUV, não importa. No momento que alguém força uma ultrapassagem sem visão clara do que vem pela frente, a pessoa está assumindo o risco de que pode matar alguém. O mesmo vale pra quem ultrapassa sinal vermelho, dirige embriagado e por aí vai.

Não foi acidente. Foi assassinato.

14 ideias sobre “Mais um assassino nas estradas”

  1. O pior de tudo é ainda o assassino falar que a culps era do motociclista, como modtra na materia!
    Eu uso a moto todo o dia, faça chuva ou faça sol e nem conto mais quantas fechadas tomo diariamente o pior é que em 99% das vezes o imbecil esta com o celular na mão e fica com aquela cara de “ué saiu de onde”, enquanto nao tivermos punições mais severas e conscientizaçao mais pesada infrlizmente seremos o elo mais fraco….e a se partir!

  2. Estive mês passado em Natal e pegamos uma van que fez esse trecho, onde ocorreu o assassinato. Bem, o nosso motorista fez inúmeras cagadas a viagem toda: atendia celular e passava mensagens, lia um papel, que provavelmente era o roteiro que iria cumprir, e dirigia como um alucinado. Acho que é “normal” por lá agir dessa forma.
    O cúmulo é o motorista da van querer colocar a culpa em quem não pode mais se defender. Por sorte alguém gravou o momento.

  3. Assassinato puro !
    Um FDP desses tinha que pegar no mínimo prisão perpétua .
    O ideal mesmo seria um pelotão de fuzilamento ,para eliminá-lo e servir de exemplo para outros . Algumas estradas do Nordeste são extremamente perigosas ,pois as pessoas dirigem sem a menor noção do que estão fazendo ,não são habilitadas e nem existe fiscalização de qualquer tipo.

  4. FDP. Infelizmente o egoísmo, típico de nosso trânsito caótico e mal educado (que nada mais é do que um reflexo de toda a sociedade), impera. Os condutores, de maneira geral, agem como se as vias públicas fossem para seu uso exclusivo. Foda-se o resto. E para mim isso refuta aquele axioma de que o brasileiro é encantador, acolhedor, gente boa… Isso demonstra que o brasileiro (de modo geral, pois há exceções), quando se posta atrás de um volante ou de um guidão mostra quem realmente é. E sabe do pior? Há a tendência de não assimir as responsabilidades. É cômodo e reflexo do mau caratismo tentar jogar a culpa no outro condutor, na rodovia, na polícia, no governo… Evidentemente há condutores conscientes e responsáveis, mas vejo que boa parte é irresponsável.
    Parabéns pelas postages, o ODC é fodástico!

    1. Cara, o comentário mais sóbrio que li na internet nos últimos 10 anos. É exatamente isso. Tem um livro que, pelas suas palavras parece que já leu, chama “Fé em Deus e pé na tábua”. Recomendo a todos!

  5. Já quase virei estatística a bordo de uma Van enquanto ia de Jaboatão a Porto de Galinhas.

    O motorista pé de chumbo deixou um CD cair durante uma ultrapassagem e foi pegar, quando levantou estávamos de frente com uma carreta, por pouco não viramos humanos em lata.

    Todo mundo ficou espantado e o cara nem ai, continuou falando da porcaria do CD como se nada tivesse acontecido, sinal que era uma situação rotineira para ele.

    Aposto que na mentalidade desse cara aí do vídeo, “os motoqueiros” atrapalharam o serviço dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *