E o ano que vem, como vai ser?

screen-shot-2016-12-16-at-4-23-44-pm

O jornalista Geral “Tite” Simões escreveu artigo muito mais técnico e informativo do que o meu ensaio no post “Escrevendo sobre motos em tempos de crise“, que trata justamente da perspectiva do mercado de motos para o ano que vem:

Leia: O que esperar de 2017? @Motite

Dois pontos que me chamaram bastante a atenção no artigo: o primeiro é que o mercado de motos estagnou de tamanho, são 4 milhões de unidades comercializadas ao ano, entre novas e usadas, por dez anos consecutivos.

O segundo é o quanto o mercado de motocicletas novas encolheu depois daquela febre de dar crédito e se fazer carnê em um diversas parcelas. Hoje, desses 4 milhões, 30% são de motos novas, enquanto que 70% respondem pelo mercado de usadas cada vez mais aquecido (em 2012 essa divisão era 50/50).

Se você olhar nos classificados, é fácil ver como o preço das usadas muitas vezes cai para um patamar mais justo em pouco tempo. Some isso ao fato de que nos modelos mais “luxuosos” é fácil encontrar motos com baixíssima quilometragem, então não é preciso ser um especialista para entender onde as novas patinam.

No auge das vendas, muita gente tratou os consumidores como descartáveis, no famoso sistema “se você não quer, tem quem queira”. Marcas com modelos que possuíam fila de espera só pioravam isso, passando todo o poder para a mão dos revendedores que não se esforçavam em fazer um bom pós venda.

Hoje, muitos deles ainda não aprenderam a lição, enquanto outros estão bem espertos. Eu só espero que, assim que o mercado e a nossa economia finalmente melhorarem, os consumidores estejam mais exigentes e não caiam nessa.

Porque de moto cara e de país no enrosco, a gente já teve a nossa cota para uma vida inteira.

4 ideias sobre “E o ano que vem, como vai ser?”

  1. Gostaria que fosse melhor, mas acredito que vai ser ruim… Inflação, alta de juros, impostos sem redução e economia estagnada. Os preços das motos novas estão absurdos e o negócio vai girar nas semi novas.

  2. Com a liberação do FGTS retido, espero que seja injetado no mercado toda essa grana para que a economia gire novamente e injete mais ânimo a todos nós!!! ;)
    Transforme seus sonhos em metas e vamos juntos fazer um 2017 repleto de belas viagens, imagens e boas ideias…
    Abraço do Rato de Minas, acompanhe o canal no Youtube… \o/

  3. ESPERO QUE A HONDA, YAMAHA OU SUZUKI FINALMENTE PENSEM REFLITAM DEIXEM DE SER BURROS ,TAPADOS E COLOQUEM UMA MOTO CUSTON SHOPPER DE MEDIO PORTE ENTRE 250 E 400 CC NO MERCADO PARA ATENDER TANTOS PEDIDOS E SUPLICAS DOS AMANTES DESSE ESTILO DE MOTO . PENSEM !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *