Arquivo da categoria: Curiosidades

O vírus do motociclismo

A maioria de nós sempre quis andar de moto, desde pequeno. Quem nunca colocou uma carta de baralho ou um canudo do McDonald’s dobrado na sua bicicleta para que ela fizesse barulho de moto? Eu ficava maluco de fazer isso na minha BMX velha, e saía por aí crente que eu estava em uma moto.

Os caras do vídeo abaixo fizeram uma versão “comercial” dessa brincadeira que muitos de nós fizemos na infância.

As motos de Sons of Anarchy

Membros de um M.C. dos EUA em ação. Com esses caras, não tem frescura.
Membros de um M.C. dos EUA em ação. Com esses caras, não tem frescura.

Várias vezes vi pessoas indignadas com as motos da série, dizendo que um clube como aquele deveria usar choppers, ou umas puta Harleys personalizadas, e reclamando dos farings ou dos tênis brancos. Então percebi que muitos dos recém chegados no mundo das motos, não conhecem a história desses M.C.s. americanos, por isso vamos lá:

A escolha das motos foi algo lógico, já que são as mesmas que os M.C.s outlaws de lá costumam usar (também conhecidos por 1%ers, cuja a história é discutida neste post aqui). Esse estilo de Dyna, toda preta, com fairing e motor fuçado é tão popular, que tem até nome: club bikes.

Elas são assim pois os membros desses M.C.s preferem motos sem viadagem, ágeis e rápidas. Nos anos 80, vários começaram a usar a FXR, que era uma das Harleys com o melhor frame já feito, firme e estável. Com o tempo, ela foi substituída pela linha Dyna, que apesar de possuir um frame inferior ao da FXR, ainda sim era mais ágil que as Softails.

São motos onde a função vem antes da forma, e a maioria das alterações são para melhorar o desempenho. Não é raro ver bike runs desses clubes com a galera andando em formação a mais de 170km/h e costurando pelo trânsito, uma visão capaz de deixar os jaspions que gostam de tirar fina de customs com o macacão borrado de medo.

Sons-of-anarchy-bike-2

Já o tênis branco, que deixa muita gente maluca, é algo corriqueiro também. A galera mais nova que está entrando para os clubes tem um estilo que foge ao que todo mundo tem no imaginário. É uma galera que anda de skate, ouve rap, usa calças largas, tênis vans, e não seguem a imagem do biker típico. Você vê vários deles, especialmente na California, pilotando suas motos de tênis branco (como na foto acima).

Pra mim faz todo o sentido. Moto tem tudo a ver com liberdade, e não conformismo. Essa história de que motoqueiro tem que obrigatoriamente ouvir rock clássico, usar couro e cabelo comprido é algo que ficou no passado, tem espaço para todo mundo (quer dizer, menos pra axé, pagode e forró. Ainda existem limites!)

Claro que existem vários membros com Softails e Baggers, e mesmo esses muitas vezes também possuem uma FXR ou Dyna. Afinal, eles rodam no mínimo 40 mil quilômetros por ano, já que todos os M.C.s possuem mandatory runs onde, como o próprio nome diz, você tem que participar e não pode ficar de fora só porque sua moto está na oficina.

Curiosidade

Quando Marlon Brando apareceu em The Wild One pilotando uma Triumph, elas se tornaram uma febre nos EUA. E naquela época, uma das primeiras coisas que o pessoal fazia com a moto, era tirar a grelha para bagagem que existia sobre o tanque. Elas eram apelidadas de “castrador”, porque em um acidente suas partes íntimas poderiam ficar presas lá.

Jay Leno uma vez brincou que se você perdesse suas bolas na grelha, começaria a andar de Vespa.