Arquivo da categoria: Honda

Quem disse que não dá? CB500F Cafe Racer no BH Riders

Veja a matéria completa no BH Riders:
http://bhriders.com.br/2016/06/16/cb-500f-cafe-racer/

Muita gente torce o nariz para as motos mais novas, dizendo que não é possível se fazer nada legal com elas. Para combater isso, algumas marcas como a Yamaha, constantemente fazem concursos como o Yamaha Garage Challenge, onde eles convidam customizadores famosos a mostrarem o que é possível fazer com determinado modelo.

E o Marcio Vital fez uma bela descoberta em um post recente do seu projeto BH Riders, mostrando um excelente projeto brazuca feito em uma CB500F. Na minha opinião, esse é um bom exemplo do que é possível fazer dentro da nossa limitada escolha (ou melhor, e$colha) de modelos acessíveis em nosso país.

A matéria completa, bem como o test ride, um porrilhão de fotos bacanas e a descrição do projeto, você confere no BH Riders clicando aqui.

unnamed-1

unnamed-2

unnamed-3

Todas as fotos ©Marcio Vital / BH Riders

CG125 1981 do Gabriel Lauro

Diretamente de Floripa, o Gabriel Lauro enviou algumas fotos dessa bela CG125 feita por ele. Ele escreve sobre ela:

Sou proprietário desta cg 1981, e fiz uma transformação radical nela.
Elaborei este projeto, e fiz em etapas levei o tanque para a pintura com uma leve inspiração nas corridas antiga e com uma homenagem ao fundador da Honda Motors, sua assinatura sobre a bandeira do Japão e nas laterais a logo clássica e ao fundo um vermelho cereja carregado com flakes deixando um visual envelhecido no branco/bege.
O motor, refiz toda parte mecânica aumentando sua potência deixando com quase 190cc. Mas deixei seu aspecto original, polindo todo o motor e carburador.
A elétrica, coloquei uma bateria em gel para deixar na horizontal sob o banco, ficando mais discreta possível, da mesma forma o chicote que percorre o quadro.
Suspensão e rodas, dei uma encorpada nos amortecedores traseiros e rodas.

Para quem se interessou, o Facebook do Gabriel Lauro Cruz é este aqui.

depois1

depois2

depois3

E uma foto dela na encarnação anterior:

antes

A nova moto de Daryl em The Walking Dead

Neste post aqui, eu havia falado um pouco sobre a moto do Daryl Dixon, do seriado The Walking Dead, e acabei irritando alguns fãs no processo com minha brincadeira sobre o escapamento aberto.

Mas com o desenrolar da série, aquela moto acabou ficando para trás, e já faz um bom tempo que não o vemos sobre duas rodas. Felizmente, agora na quinta temporada, ele está de volta em grande estilo.

141003_CM6741_frontangle

A nova moto do Daryl foi feita pelo pessoal da Classified Moto, uma oficina de customização que já mencionei algumas vezes aqui no Old Dog Cyles, e que fez algumas das Viragos customizadas de maior sucesso da rede.

A Nighthawk original.
A Nighthawk original.

A base da nova máquina foi uma Honda CB750 Nighthawk, de 1992, que recebeu a frente de uma Yamaha YZF-R6, incluindo rodas e freios. Os pneus de cravo são Kenda Big Block, e são cada vez mais tendência nesse tipo de customização. A suspensão traseira é progressiva, com reservatórios externos, o que deixou a moto melhor para enfrentar todo tipo de terreno.

Os pinos atrás do banco, que muita gente achou estranho nas fotos de divulgação, nada mais é do que um rack para carregar a balestra dele, um belo toque pessoal.

Uma observação: muita gente chama essas motos como as do Daryl de Rat Bikes, mas elas são na verdade uma derivação pouco conhecida do estilo chamadas de Survivals. Enquanto a ideia das Rat Bikes é ter a moto com cara de usada, suja e improvisada, as Survivals seguem essa tendência mas colocam o aspecto tático e prático em primeiro lugar, como os pneus, suspensão e espaço para kits e armamentos.

Ou seja: o tipo da moto que a gente gostaria de ter no caso de os Zumbis dominarem o mundo. De preferência com uma AK-47 do lado…

141003_CM6697141003_CM6855_rearangle-1 WI14185 WI14230 WI14428

Mais sobre essa moto no hotsite da Classified Moto.

Honda Shadow 600 customizada em casa

Foto 6

O Luciano Maldonato mandou as fotos de um belo projeto, feito por ele mesmo em casa. Segue o email que ele mandou pra cá contando mais sobre o processo:

Sou Administrador de Empresas (dirigo um Hospital e leciono para o curso de Administração), mas aos 14 fiz no Senai o Curso de Mecânico Geral (tornearia, retifica, etc), quando trabalhei por 2 anos na área até buscar outro objetivo profissional.

Explico isso para entenderem como foi possível fazer a moto em minha casa (um pouco de conhecimento de mecânica e ferramentas).

Há tempos buscava uma moto que pudesse prepará-la no estilo Bobber, quando comprei uma Shadow 98. Tentei contato com duas oficinas em outras cidades para saber se topariam o projeto, as quais não me deram retorno.

Pois bem, decidi fazê-la em casa.

Entre estudar o que fazer, comprar as peças (as quais vieram de várias partes do Brasil, uma delas de fora), produzir algumas peças (diversos suportes, entrada de ar, entre outras) desmontar, reestruturar e montar, foram 12 meses, afinal, só tinha tempo de fazer aos finais de semana.

Mas o resultado ficou bacana. O projeto foi realizado entre os anos de 2010 e 2011.

Espero que gostem.

Foto 5 Foto 4 Foto 1 Foto 2 Foto 3

Como bônus, ele também mandou a foto de uma CG125 restaurada por ele.

IMG_0044

Abaixo, nos links relacionados, você vê mais projetos feitos em casa.

Honda Ruckus

honda-awesome-black-red-honda-ruckus-top-speed-modification-with-semi-dirt-tire-and-checkered-plate-on-the-body-fabulous-honda-ruckus-top-speed
Foto: Cycle World

Já faz um tempo que eu estou pretendendo fazer uma “beater” para o dia a dia, que é como os americanos chamam aquela moto que você não vai ter dó de usar e abusar.

No caso da base ser uma scooter, uma das minhas inspirações favoritas é a Honda Ruckus, também conhecida como Zoomer. O motor é o clássico cinquentinha, e o que falta de potência sobra em excentricidade. A motinho tem uma legião de fãs, basta dar um Google e ver centenas de customizações diferentes.

130_0804_02_z+honda_ruckus+burnout
130_0804_04_z+honda_ruckus+orange_ruckus

Honda_Ruckus_white

honda-ruckus-15

Paparazzi Old Dog: CB 500 Four

IMG_6676Flagrei essa bela CB 500 Four no estacionamento de uma famosa editora aqui em São Paulo. Deu gosto de ver uma moto tão legal sendo usada no dia a dia. Já tinha visto ela antes na FF Motorcycles, uma oficina de customização também de SP. O tanque parece usar aquela técnica de “pintura tatuagem”, e fica muito interessante. A temática Scrambler combinou bem com o modelo.

A você, proprietário dela, meus sinceros parabéns.

honda-500-four-custom-ffmotorcycles

Com criatividade é possível: CG125 Bratstyle

ASL-GOG5915-022-700x450ASL-GOG5915-009-700x450 ASL-GOG5915-014-700x450 ASL-GOG5915-016-700x450 ASL-GOG5915-020-700x450-1Não sei nada sobre essa moto que vi a venda na West Garage 915 (oficina e loja que abriu onde ficava o antigo Pimenta em São Paulo), mas achei interessante para postar. A base dessa customização foi uma Honda CG ML 125cc 1982, que ficou com toda pinta de moto gringa. É o tipo do projeto que eu tenho em mente para ser a minha “beater” pro dia a dia, como dizem os americanos.

Se alguém souber mais sobre ela, pode postar nos comentários. Link para o anúncio.

Honda Sabre Cafe Racer

Hackaweek

Encontrei o canal Hackaweek TV por acidente no Youtube, e estou completamente viciado. Um dos projetos do dono do canal é mostrar o passo a passo da restauração e transformação de um Honda Sabre (uma moto que lembra vagamente a cruza de uma V-Max com CB 750) em uma Cafe Racer.

Toda semana tem um vídeo novo, que mostra em detalhes cada etapa. Gosto especialmente dos episódios que mostram a construção do tanque em fibra. Por anos ouvi dizer que um tanque de fibra de vidro é inviável, pois há o risco de rachaduras ao se juntar duas partes de um molde. Mas a solução do cara foi bem criativa e interessante, fazendo o tanque ao redor de um molde de isopor, para depois dissolver esse isopor, deixando o tanque formado por uma peça única. Para quem é da área essa técnica não deve ser nenhuma novidade, mas para mim que não conhecia foi bastante útil e me deu bastante idéias novas.

O projeto ainda está em andamento, mas vale a pena acompanhar os 24 episódios que ele postou até o momento. Eles estão misturados com vídeos de outros projetos, a maioria de eletrônica, por isso é mais fácil começar pela playlist sobre motos do canal, que você acessa clicando no link abaixo:

Hackaweek TV – Motorcycles

Infelizmente, não tem legendas em português. Mas os vídeos são tão didáticos, que acho que mesmo aqueles que não entendem uma palavra sequer de inglês, devem conseguir acompanhar.