Arquivo da categoria: Scout

Confirmado: Scout será a primeira Indian no Brasil

indian-scout-abre

A chegada da Indian no Brasil (que a grande mídia está erroneamente chamando de “centenária”, confundindo com as encarnações anteriores nas mãos de outras empresas) foi confirmada oficialmente pela Polaris, a atual detentora da marca. A primeira moto a desembarcar no Brasil será a Scout, e o preço dela será anunciado no Salão Duas Rodas, em São Paulo.

O novo estilo, quadro mais moderno que permite uma cíclistica melhor, e o motor V2 de 1.130 cm³ arrefecido a água, deve agradar graças aosseus 100 cv, 9,9 mkgf de torque e câmbio de seis marchas. O projeto para alguns, fica no meio termo entre uma Harley e uma cruiser japonesa, por isso provavelmente vai ter um público mais específico. Por outro lado, o apelo da tradição e o marketing bem feito, também deve atrair pessoas que buscam um lifestyle parecido com o que a Harley vende, mas estão insatisfeitos com a marca.

Apesar dos boatos, não tive nenhuma confirmação de preço. Agora resta aguardar: se o valor for justo, e o pós venda melhor do que o da Harley, podemos ter finalmente uma competidora de peso nessa categoria.

Aguardo ansiosamente um test drive, apesar de que a maioria das marcas não é lá muito fã do jeito que escrevo abertamente, e me deixam de fora de absolutamente todos, mesmo com o grande alcance do Old Dog Cyles e sabendo que vocês adorariam ver eu testar Triumphs, Indians e afins.

É o preço da independência.

De qualquer forma, aguardo com curiosidade a moto. Se o preço for bom, e ela se provar tão boa quanto tem sido anunciada nas revistas internacionais, pode até correr o risco de acontecer isso aqui comigo:

Indian_patchprint

UPDATE: O Virgilio Galvão questionou a minha ressalva quanto ao uso da palavra centenária, e acho que vale uma explicação em um post sobre isso aqui.

Indian Scout na versão Militar

A Indian está lançando a sua Scout Inspired Custom Series, uma série de motos customizadas para comemorar os 100 anos (interruptos, diga-se de passagem) da marca. A primeira da série é uma Scout inspirada na versão militar, feita pela Klock Werks Kustom Cycles de South Dakota.

E aí muita gente vai se perguntar: uma Indian com cara de Harley WLA?

Pois é, ao contrário do que se diz por aí, a Harley-Davidson não era a moto militar mais popular durante a Segunda Guerra. A verdade é que tanto a Harley quanto a Indian dividiam quase que igualmente o número de motos fabricadas para o exército dos Estados Unidos.

Screen Shot 2015-05-11 at 8.42.18 PM

Curiosamente, foi justamente isso que contribuiu para a queda da Indian. Enquanto a Harley se esforçava para manter os seus distribuidores recebendo peças durante o esforço de guerra, uma época onde o metal, óleo e combustível estavam sendo extremamente racionados, a Indian decidiu se focar apenas nos pedidos do exército americano, fazendo com que a maior parte dos seus distribuidores abandonassem a marca.

Quando a guerra acabou, e o mercado voltou a se aquecer, a rede de revendedores da Indian estava aos pedaços, enquanto a Harley estava preparada para atender a demanda. Curiosamente, quem estava na liderança antes da guerra começar, era a própria Indian, que nunca mais se recuperou desse golpe.

Screen Shot 2015-05-11 at 8.43.26 PM

Screen Shot 2015-05-11 at 8.43.44 PM

Scout-custom-military-3

Conheça a Indian Scout 2015

080314-2015-indian-scout-f

A Indian Motorcycles continua com a sua estratégia de relançar seus modelos do século passado, atualizando-os para o século 21. O primeiro foi a Indian Chief, a bagger da marca, mais luxuosa e voltada ao touring.

Agora ela relança a Scout, a moto mais “esportiva” da linha (e bota aspas nisso). A Scout foi fabricada de 1920 até 1940, e competia com a Chief pelo posto de modelo mais importante da marca. Ficou famosa em Bonneville nas mãos de Burt Munro, que rompeu vários recordes de velocidade com ela, e cuja a história foi contada no filme “Desafiando os limites“.

Indian Scout 101, considerada por muitos a melhor moto já fabricada pela Indian.
Indian Scout 101, considerada por muitos a melhor moto já fabricada pela Indian.

A nova Scout tem tudo para agradar quem estava torcendo pela nova Indian, mas que não se identificava com a Chief e com seu preço. Segundo a própria Indian, ela irá custar a partir de apenas US$ 10.999 nos EUA, o que a coloca na mesma faixa da Sportster 1200 Custom. O motor tem basicamente a mesma cilindrada da 1200, mas gera praticamente o dobro da potência graças ao desenho mais moderno e refrigeração líquida. Apesar de saber que esse último item provavelmente vai espantar muitos fãs da Harley, ele também deve atrair os consumidores americanos que atualmente andam em em cruisers japonesas, mas que prefeririam uma moto american made com motor mais moderno.

Ainda é cedo para dizer qual será o próximo alvo da Indian, mas já dá para perceber que ela pretende incomodar a Harley tanto no segmento de luxo, quanto nas motos chamadas de entrada (apesar de eu não concordar com esse termo, como já disse aqui).

Seguem algumas fotos de divulgação da nova Scout:

photos-1 photos-3 photos-13 photos-15 scout-indian-red topimage