Arquivo da categoria: Segurança

A second look – campanha de conscientização

Não seria muito melhor se a verba astronômica de publicidade do Governo fosse usada para campanhas de conscientização, como essa feita pela Washington Motorcycle Safety Program? Ao invés de ver filmes com orçamento de Hollywood para mostrar pontes, viadutos e programas que nunca saíram do papel, teríamos campanhas educativas que poderiam salvar vidas.

Por isso está lançada a campanha: mostre esse comercial para alguém que anda de carro. Se alguém quiser legendar e botar no YouTube, me avisa que eu republico.

Dia do Eds Briao na fan page do Old Dog Cycles.

UPDATE – O Claudio Augusto mandou bem e fez uma tradução para que todos possam aproveitar:

UPDATE 2 – A Vivian Schmidt também fez uma tradução, que você confere aqui.

Dicas de pilotagem: a importância do olhar

O vídeo acima mostra um acidente bem idiota, que poderia ser facilmente evitado. O sujeito não se machucou muito, mas a moto deu PT e ele desistiu de pilotar. Tudo bem que o cara tem os reflexos de uma ostra em coma, mas ele é um exemplo do que o Keith Code chama de “fixação no alvo”. É por isso que ele sempre repete a máxima:

Olhe para onde você quer ir, e não para o que você quer evitar!

Esse é um dos mais importantes conselhos de pilotagem que já aprendi, mas que quando tento ensinar para alguém, costumo ouvir “isso eu já sei”. Infelizmente, ao ver a pessoa andar, percebo que ela sabe, mas por algum motivo esquece de praticar.

A idéia é simples: nosso corpo, através de anos de evolução, aprendeu a seguir o que olhamos. Isso era muito útil na hora de caçar, mas péssimo quando você tenta se desviar de um buraco. Já reparou que quando você avista um buraco em frente, a tendência é passar sobre ele, mesmo tentando fazer o contrário?

Com as curvas, é a mesma coisa. Muita gente começa a olhar para a faixa central, ou para o canteiro que se aproxima, e acaba fazendo a curva muito mais aberta do que deveria.

O segredo, seja em baixa ou alta velocidade, é olhar para onde você quer ir. Numa curva, isso significa olhar bem lá frente, na direção que você quer seguir. No caso de um obstáculo, para qualquer rota de fuga disponível na sua frente. A todo custo, evite olhar para o obstáculo que se aproxima, como um muro lateral.

Screen Shot 2013-07-19 at 7.43.30 PM

Até para fazer uma conversão em U, como por exemplo sair de um lado da rua e virar a moto na outra direção, existe um truque que muda a sua pilotagem da água para o vinho: antes de começar a virar, vire primeiro a sua cabeça, o máximo que você conseguir, para a direção que você quer seguir. A maioria das pessoas se assusta, pois conseguem fazer a bengala encostar no quadro tranquilamente, usando todo o ângulo de esterço da moto. Veja um vídeo que explica bem isso aqui: http://youtu.be/yGtCMxu8PyM

É algo simples de fazer, e que melhora sua pilotagem quase que imediatamente. Sugiro treinar isso constantemente, até se tornar instintivo. Você não vai se arrepender.

Screen Shot 2013-07-19 at 7.40.22 PM

Mais posts sobre pilotagem:

Aula 2: Equilíbrio em baixa velocidade
Para correr, primeiro você precisa saber andar devagar. Com motos, é a mesma coisa.

Aula 3: O contra-esterço
Uma dica simples que pode mudar o jeito que você faz curvas.

Curiosidade: o que são chicken stripes?
Apenas uma explicação sobre esse assunto que surge em rodas de conversa, de “jaspions” a “malvadões”.

Mais dicas para evitar o roubo e furto da sua moto

Pega ladrao
Representação dos leitores aqui do blog lidando com ladrões de moto.

Há um tempo atrás, postei sobre somo evitar o furto da sua moto (http://olddogcycles.com/2012/05/como-prevenir-o-furto-da-sua-moto.html), baseado em um texto publicado na Internet por um ex-gatuno.

Agora o portal Motonline fez uma matéria com mais algumas dicas, desta vez baseada na experiência de meliantes nacionais: http://www.motonline.com.br/importantes-dicas-sobre-o-roubo-de-motos/

E eu achando meu dia ruim…

jesse-james-workingO Jesse James tem um Tumblr onde ele posta fotos da oficina dele em Austin, no Texas. Apesar do cara ter virado um babaca ultimamente, ele tem talento pra caralho e costuma usar maquinário do começo do século passado, e está sempre tentando aprender técnicas old school.

Infelizmente, algo deu errado para ele hoje, e ele perdeu a ponta do dedo. Segue o link as fotos, caso você esteja curioso:

Foto 1 / Foto 2

O mais engraçado foi o comentário dele sobre o cotoco, quando disseram que talvez não dê para reimplantar: “Acho que ele não vai sobreviver. Foi bom ter conhecido você amiguinho”.

PS: Eu sempre dou dicas de mecânica aqui, mas uma coisa que eu nunca falo é TENHA CUIDADO. Acho que preciso começar a falar isso… Muita gente se machuca feio com ferramentas comuns. Já vi esmeril voando um metro e meio no ar porque o sujeito quis colocar ele no chão antes dele parar de girar. Por isso, lembre-se: TODO CUIDADO É POUCO!

Alerta

Recebi uma mensagem anônima no blog dizendo que a DIVECAR (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Delituosos) está atrás de 300 motocicletas Harley Davidson que foram furtadas e depois registradas com documentos adulterados no Detran.

Essa é uma péssima notícia, pois significa que muita gente comprou uma Harley de boa fé, com os documentos em ordem, e agora corre o risco de ter o seu bem apreendido.

Não sei se é verdade, por isso se alguém souber de mais informações deixe aqui nos comentários que eu divulgarei no blog.

Dica simples de segurança

Da próxima vez que você sair de moto, pilote fingindo que você é invisível para os carros.

Com o tempo começamos a correr riscos à toa, presumindo que todo mundo está vendo o que estamos fazendo, quando na verdade é cada vez mais difícil para um motorista enxergar uma moto no meio do caos. Imaginando que somos invisíveis, fazemos um exercício mental de antecipação e nos posicionamos melhor.

Afinal, quem sempre sai perdendo é a gente, então melhor não contar com a boa vontade dos motoristas…

Trava de capacete simples e barata

Hoje em dia, muitas motos não são mais equipadas de fábrica com travas de capacete. Existem dezenas de adaptações, usando travas de outros modelos, assim como algumas que devem ter sido feitas por anões ourives no Azerbaijão, como as da Harley-Davison que chegam a ser vendidas por 200 reais em algumas lojas.

Mas a verdade é que não adianta gastar uma fortuna em uma trava de adamantium, pois se alguém quiser realmente levar o seu capacete, basta cortar a correia de tecido com um estilete, ou a argola dele com um alicate de corte de bolso (a não ser, é claro, que você passe uma corrente Kryptonite pela queixeira dele, nesse caso, só com um esmeril.). A função da trava é evitar ladrões de oportunidade, comuns em eventos e estacionamentos de motos

Por isso, uma solução simples e barata, é usar um pequeno cadeado para prender seu capacete em um dos manetes.

Primeiro, basta encontrar um bom cadeado que caiba no manete da sua moto, e que não consiga passar pela ponta dele quando fechado.

Depois, basta passar a argola do seu capacete pelo manete e travar o cadeado entre ela e a “bolota” da ponta (não há necessidade de se prender a argola no cadeado em si). Assim, fica impossível passar a argola pela ponta do manete, já que o cadeado estará no caminho.

Funciona com diversas motos diferentes, o truque é apenas achar o cadeado do tamanho certo para o seu manete. É pequeno o suficiente para não incomodar no bolso, e você também pode leva-lo preso em uma das pedaleiras, por exemplo.

Uma solução barata, mas que oferece o mesmo nível de segurança que 99% das travas originais, que usam a argola para prender o capacete. Mas se o lugar for casca, seguro mesmo é levar o capacete com você.

trava capacete Harley Davidson
Trava da Harley. A Honda usa o mesmo princípio em suas motos.

Como proteger sua moto contra roubos

ou “Os segredos de um ladrão profissional”.

Ontem, um post do Redditt tomou de assalto diversos fórums de motocicletas gringos. Nele, um ex-ladrão de motos e ex-proprietário de uma loja que servia de fachada para um lucrativo negócio de motos roubadas, resolveu contar sua experiência de 10 anos no crime, com diversas dicas de como evitar o roubo da sua moto (bem, tecnicamente, o furto dela): www.reddit.com/r/motorcycles/comments/t5shp/ex_thief_chopshop_operator_ama/

Claro, a realidade americana é muito diferente da nossa. Lá, roubo de motos a mão armada é quase inexistente, e as penas são muito mais duras para esse tipo de crime. No entanto, certas verdades são universais e podemos aprender muito com elas.

Assim como no Brasil, as motos mais visadas são as superesportivas. Em segundo lugar estão as Harleys, especialmente as cheias de acessórios, cujo os maiores compradores são membros de alguns dos grandes M.C.s de lá. Ou seja, no mundo inteiro é a mesma coisa: se tem gente disposta a comprar, vai ter gente disposta a roubar.

Antes de começar, quero lembrar sobre o alerta que postei para os proprietários de Harleys há algum tempo: http://olddogcycles.com/2012/04/alerta-aos-donos-de-harley.html

Para eles, esse é a primeira coisa a ser feita para proteger a moto.

As principais dicas são:

Use uma boa trava de disco, daquelas de US$100, já que travas baratas são fáceis de arrombar em silêncio. Parece óbvio mas não é. A maioria dos ladrões carregam um alicate tesoura, fácil de esconder e rápido de usar. Travas e cadeados baratos podem ser cortados eu pouquíssimos segundos com um alicate desses. Além disso, as trancas dessas travas podem ser abertas até mesmo por uma caneta Bic, ou o que é mais comum, arrombadas sem muito esforço fazendo uma alavanca nelas.

Este é o inimigo.

A recomendação dele é a Kryptonite Fahgettaboudit, cuja a trava é muito difícil de ser arrombada, e o material de qualidade faz com que ela demore uma eternidade para ser cortada até mesmo com uma esmerilhadeira. Outra recomendada é a Xena XX10, que é a que ele diz estar usando atualmente.

Também é importante usar a trava de disco na roda traseira. Há maneiras de se contornar uma trava na dianteira, removendo a pinça e até mesmo retirando a roda e o rotor. E no geral, é mais fácil de se “trabalhar” em uma trava que está na dianteira.

Quanto as correntes, nunca use uma dessas compradas em lojas de material de construção, mesmo as extremamente grossas. Você precisa de uma feita com uma liga forte, que não possa ser cortada por um alicate tesoura, como as fabricadas pela Kryptonite.

Sempre trave o seu guidão. SEMPRE. Tudo bem, a trava é fácil de ser arrombada (como no vídeo), mas nem sempre. Às vezes, ela teima em ceder e faz um barulhão quando quebra. É mais uma coisa pra dificultar a vida do ladrão.

Se a sua moto fica exposta, parada em uma garagem aberta ou sempre no mesmo estacionamento, coloque uma capa com cadeado nela. Além de dificultar a identificação do modelo da sua moto (o que espanta os gatunos de oportunidade), um larápio vai ter que rasga-la para mexer na moto, o que pode chamar a atenção.

Sobre o lo-jack e rastreadores, a notícia não é boa. A maioria das lojas faz uma instalação padrão, que o ladrão pode desmontar em pouquíssimos minutos. Quanto mais popular um alarme, mais conhecimento eles possuem sobre ele, e mais rápido podem contorna-lo. O ideal é fazer uma instalação mais elaborada e escondida, mas que mesmo assim pode ser contornada por um ladrão experiente. Às vezes, ele pode mexer um pouco na moto, e voltar para terminar o serviço com calma mais tarde. Esse é mais um motivo para o uso da capa, assim você sabe que alguém estava fuçando na moto.

Um bom lugar para se instalar um rastreador, é dentro da caixa do filtro de ar, com a fiação passando pelo chicote original, sem aparentar sem algo colocado depois.

Se você puder combinar vários sistemas, como uma boa trava na traseira e outra na dianteira, melhor. Uma corrente boa como as Kryptonites são impraticáveis de serem levadas em uma mochila, mas são uma ótima opção para ancorar a sua moto na garagem onde ela fica a maior parte do tempo, por exemplo. Mais uma vez, ancore a roda traseira, e se possível passe a corrente por dentro da balança, e não só pela roda.

Em alguns modelos, um truque é levar uma pequena chave de fenda e remover o manete da embreagem. Ninguém vai a lugar nenhum sem uma embreagem. No entanto, essa dica não serve para quem estaciona todo dia no mesmo lugar. Nesse caso, se o cara realmente quer sua moto, ele vai trazer um manete extra.

Muitos ladrões são caras-de-pau. Vão roubar na frente de um prédio cheio de gente, em uma rua movimentada, e vão fingir que nada está acontecendo. Um chegou até a pedir ajuda para um pedestre na hora de quebrar uma trava, dizendo que tinha perdido a chave e estava atrasado.

Por último, se alguém tentou levar sua moto e não conseguiu, tire ela de lá. Muito provavelmente eles vão voltar. Dependendo da procura dos gatunos por um modelo, é capaz dele voltar para ver se você comprou outra igual com o dinheiro do seguro.

O mais importante é pensar na segurança da sua moto como uma série de camadas, uma vai se sobrepondo a outra para tornar a sua menos interessante para o larápio.

Espero ter ajudado com este post. Se ladrão gostasse de trabalho, não era ladrão. Então vamos dificultar a vida deles.